Eliezer Levin é autor de livros de contos, crônicas e romances. O seu primeiro romance, "Bom Retiro", publicado em 1972, constituiu-se por assim dizer, em sua temática regionalista, um marco solitário no panorama de nossa literatura: um livro sobre o bairro judaico de São Paulo. Até então nenhum romance se ocupara especificamente do assunto. Conforme crítica da época, o autor estreava em plano alto, o nível de realização literária que sugeria maturidade. Dono de estilo simples, claro, fluente, havia escrito “um livro envolvente, de evocativa beleza, digno dos escritores de raça”. E agora, o que nos apresenta neste seu novo romance que tem o título curioso de "Adeus, Iossl"? Pelo Iossl já dá para perceber a sua vertente judaica, mas não vamos nos adiantar muito. Apenas para sentir o clima fiquemos aqui com as primeiras linhas de seu intróito: “Aquela manhã, ele acordara mais cedo. Todo o pessoal de casa ainda dormia. A primeira coisa em que pousou os olhos foi na grande e bojuda mala. Laboriosamente o filho e a nora o haviam ajudado a arrumá-la; depois de fechada, na última noite, a deixaram no canto do quarto, ao lado da porta. Nela, é verdade, não coube tudo, nem poderia caber... Ainda estendido na cama, sem coragem de desprender-se dos lençóis que lhe conservavam o calor do corpo, não pôde deixar de refletir (pela centésima vez) no chamado Lar dos Velhos, esta casa para onde iria transferir-se dentro de poucas horas”.
--
ISBN: 9788527304139
Autor: Eliezer Levin
Páginas: 208
Peso: 0,24 kg
Dimensões: 21 x 14 x 1,2 cm
Observação: este livro pode apresentar marcas de estoque ou de ferrugem devido à ação do tempo. Está, entretanto, em perfeitas condições de leitura e manejo.
ADEUS IOSSL
R$49,90
Quantidade
ADEUS IOSSL R$49,90

Conheça nossas opções de frete

Eliezer Levin é autor de livros de contos, crônicas e romances. O seu primeiro romance, "Bom Retiro", publicado em 1972, constituiu-se por assim dizer, em sua temática regionalista, um marco solitário no panorama de nossa literatura: um livro sobre o bairro judaico de São Paulo. Até então nenhum romance se ocupara especificamente do assunto. Conforme crítica da época, o autor estreava em plano alto, o nível de realização literária que sugeria maturidade. Dono de estilo simples, claro, fluente, havia escrito “um livro envolvente, de evocativa beleza, digno dos escritores de raça”. E agora, o que nos apresenta neste seu novo romance que tem o título curioso de "Adeus, Iossl"? Pelo Iossl já dá para perceber a sua vertente judaica, mas não vamos nos adiantar muito. Apenas para sentir o clima fiquemos aqui com as primeiras linhas de seu intróito: “Aquela manhã, ele acordara mais cedo. Todo o pessoal de casa ainda dormia. A primeira coisa em que pousou os olhos foi na grande e bojuda mala. Laboriosamente o filho e a nora o haviam ajudado a arrumá-la; depois de fechada, na última noite, a deixaram no canto do quarto, ao lado da porta. Nela, é verdade, não coube tudo, nem poderia caber... Ainda estendido na cama, sem coragem de desprender-se dos lençóis que lhe conservavam o calor do corpo, não pôde deixar de refletir (pela centésima vez) no chamado Lar dos Velhos, esta casa para onde iria transferir-se dentro de poucas horas”.
--
ISBN: 9788527304139
Autor: Eliezer Levin
Páginas: 208
Peso: 0,24 kg
Dimensões: 21 x 14 x 1,2 cm
Observação: este livro pode apresentar marcas de estoque ou de ferrugem devido à ação do tempo. Está, entretanto, em perfeitas condições de leitura e manejo.