Além dos Limites do teatro e das concepções estéticas tradicionais é para onde Josette Féral conduz o leitor nesta mesa-redonda e visão de conjunto da cena contemporânea que oferecemos na coleção Estudos ao público de língua portuguesa.
Na interação das linguagens do teatro e da performance, o embate da teatralidade, nas suas concepções mais dinâmicas da vanguarda cênica contemporânea, com as estruturas simbólicas e as formas consagradas da tradição teatral, envolve a ideia de performance em toda a sua amplitude, lançando no palco, como uma de suas apostas artísticas, o jogo entre os fluxos – gestuais, vocais, da vivência – e o espaço e a função a serem dados ou conquistados pelo vazio, pelo inacabado, pelo momentâneo e pelo oscilante. O quadro que se concretiza é o da performance no aqui e agora a revestir o invento, em termos do único, do irrepetível e do rompimento com a postura contemplativa na relação espectador-ator e espetáculo-público.
Essa cisão e reconstituição identitária converte-se, aqui, num debate e num descortino promovidos por uma constelação de performers e artistas de hoje, como Heiner Goebbels, Laurie Anderson, Karen Finley e Orlan, com suas incursões cênicas para além dos limites do corpo do ator e do espaço da cena, fazendo uma espécie de contraponto à tentativa, incorporada por Robert Lepage, de verter em ação performativa a aspereza do texto shakespeariano. Portanto, pode-se dizer que ser ou não ser teatro é a perspectiva deste instigante livro de Josette Féral.

[J.Guinsburg e A. Sousa]
--
ISBN: 9788527310277
Autor: Josette Féral
Páginas: 424
Tradutor: J. Guinsburg [et al.]
Coleção: ESTUDOS/E.319
Ano de publicação: 2015
Peso: 0,49 kg
Dimensões: 22,5 x 12,5 x 2,3 cm
ALÉM DOS LIMITES
R$79,90
Quantidade
ALÉM DOS LIMITES R$79,90

Conheça nossas opções de frete


Além dos Limites do teatro e das concepções estéticas tradicionais é para onde Josette Féral conduz o leitor nesta mesa-redonda e visão de conjunto da cena contemporânea que oferecemos na coleção Estudos ao público de língua portuguesa.
Na interação das linguagens do teatro e da performance, o embate da teatralidade, nas suas concepções mais dinâmicas da vanguarda cênica contemporânea, com as estruturas simbólicas e as formas consagradas da tradição teatral, envolve a ideia de performance em toda a sua amplitude, lançando no palco, como uma de suas apostas artísticas, o jogo entre os fluxos – gestuais, vocais, da vivência – e o espaço e a função a serem dados ou conquistados pelo vazio, pelo inacabado, pelo momentâneo e pelo oscilante. O quadro que se concretiza é o da performance no aqui e agora a revestir o invento, em termos do único, do irrepetível e do rompimento com a postura contemplativa na relação espectador-ator e espetáculo-público.
Essa cisão e reconstituição identitária converte-se, aqui, num debate e num descortino promovidos por uma constelação de performers e artistas de hoje, como Heiner Goebbels, Laurie Anderson, Karen Finley e Orlan, com suas incursões cênicas para além dos limites do corpo do ator e do espaço da cena, fazendo uma espécie de contraponto à tentativa, incorporada por Robert Lepage, de verter em ação performativa a aspereza do texto shakespeariano. Portanto, pode-se dizer que ser ou não ser teatro é a perspectiva deste instigante livro de Josette Féral.

[J.Guinsburg e A. Sousa]
--
ISBN: 9788527310277
Autor: Josette Féral
Páginas: 424
Tradutor: J. Guinsburg [et al.]
Coleção: ESTUDOS/E.319
Ano de publicação: 2015
Peso: 0,49 kg
Dimensões: 22,5 x 12,5 x 2,3 cm