Em "Arteciência – Afluência de Signos Co-Moventes", o autor leva o leitor interessado nas artes e nas ciências a percorrer os espaços de convergência científico-poético-músico-pictóricos. O físico-poeta atravessa os capítulos na ordem dos avanços do conhecimento que se cruzam com as principais revoluções da ciência e da tecnologia do século XX, com uma escritura rigorosa e cativante. O discurso do autor vai imantando o leitor e fazendo-o levitar em outros espaços da criação sígnica com convergências poéticas, sonoras, musicais, pictóricas, fazendo-o alçar de paralelismo em paralelismo dos caminhos sonhados por Einstein até os espaços virtuais dos processadores de seleção. E isso com a coragem dos vanguardeiros mutadores das artes de nosso tempo. Roland de Azeredo Campos nasceu em São Paulo, em 1955. Bacharelou-se no Instituto de Física da USP. Obteve o grau de mestre no Instituto de Física Teórica (SP) e o de doutor no Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (RJ). Fez pós-doutorado na Bélgica, no Departamento de Física Matemática da Universidade Livre de Bruxelas, então dirigido por Ilya Prigogine. É professor da Universidade de Brasília desde 1982. Publicou artigos científicos nas áreas de relatividade geral, teorias alternativas da gravitação, álgebra tensorial, supersimetria e supercordas. Participou, também, com ensaios e poemas, de revistas literárias de vanguarda como Código e Bric-à-brac. Atualmente tem dirigido seus estudos aos domínios interdisciplinares, sobretudo às relações entre arte, ciência e tecnologia.
--
ISBN: 9788527306683
Autor: Roland de Azeredo Campos
Páginas: 160
Coleção: BIG BANG
Ano de publicação: 1999
Peso: 0,21 kg
Dimensões: 21 x 14 x 0,9 cm
ARTECIÊNCIA
R$39,90
Quantidade
ARTECIÊNCIA R$39,90

Conheça nossas opções de frete

Em "Arteciência – Afluência de Signos Co-Moventes", o autor leva o leitor interessado nas artes e nas ciências a percorrer os espaços de convergência científico-poético-músico-pictóricos. O físico-poeta atravessa os capítulos na ordem dos avanços do conhecimento que se cruzam com as principais revoluções da ciência e da tecnologia do século XX, com uma escritura rigorosa e cativante. O discurso do autor vai imantando o leitor e fazendo-o levitar em outros espaços da criação sígnica com convergências poéticas, sonoras, musicais, pictóricas, fazendo-o alçar de paralelismo em paralelismo dos caminhos sonhados por Einstein até os espaços virtuais dos processadores de seleção. E isso com a coragem dos vanguardeiros mutadores das artes de nosso tempo. Roland de Azeredo Campos nasceu em São Paulo, em 1955. Bacharelou-se no Instituto de Física da USP. Obteve o grau de mestre no Instituto de Física Teórica (SP) e o de doutor no Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (RJ). Fez pós-doutorado na Bélgica, no Departamento de Física Matemática da Universidade Livre de Bruxelas, então dirigido por Ilya Prigogine. É professor da Universidade de Brasília desde 1982. Publicou artigos científicos nas áreas de relatividade geral, teorias alternativas da gravitação, álgebra tensorial, supersimetria e supercordas. Participou, também, com ensaios e poemas, de revistas literárias de vanguarda como Código e Bric-à-brac. Atualmente tem dirigido seus estudos aos domínios interdisciplinares, sobretudo às relações entre arte, ciência e tecnologia.
--
ISBN: 9788527306683
Autor: Roland de Azeredo Campos
Páginas: 160
Coleção: BIG BANG
Ano de publicação: 1999
Peso: 0,21 kg
Dimensões: 21 x 14 x 0,9 cm