Entre os compositores brasileiros da nova geração, Livio Tragtenberg é um nome que vem se impondo pela criatividade de sua linguagem artística e pela qualidade de seu discurso teórico-crítico. Engajado no projeto da vanguarda e de suas pesquisas mais avançadas, desenvolve combativa guerrilha estético-cultural e poético-musical. Procurando escapar aos ditames da articulação linear de um sistema, como foi a série para o dodecafonismo, e aos da não-linearidade como elemento constituinte da elaboração estrutural, isto é, da mera obra aberta, avança para o horizonte da arte do possível, sem a tutela de alguma paradigmática modelante ou sistemática impositiva, sejam elas vazias ou cheias, negativas ou positivas. Na verdade, é sob o signo de um dialogismo crítico, cujo organon está na própria prática da criação, que Livio Tragtenberg promove a sua campanha. Entre técnica e estética, entre indeterminação e determinação, entre forma aberta e fechada, entre sons acústicos e sintetizações sonoras, no limite destas contraposições e por sobre a sua suposta infranqueabilidade dicotômica, estabelece ele um espaço de invenção: o seu locus de criador. Aí, por captura e acoplagem de fragmentos das estilhaçadas pela modernidade e de elementos dos micro-sistemas assim liberados, opera a sua inter-relação e a sua composição-caos que, numa cena da origem, se recompõe em processo criativo, em work in progress. É evidente que numa tal ordem de trabalho as perguntas devam exceder às respostas. Sobretudo num espírito de artista que faz da razão crítica, da pesquisa e da análise, um dos motores de sua produção de arte. Mas é preciosamente isto que torna estes "Artigos Musicais" tão ricos de interesse, não só para a polêmica e o confronto teórico de idéias. Discussão pontual de temas e problemas da música contemporânea, são simultaneamente um diário de bordo e um manual de sobrevivência na selva, como o próprio autor os considera, de um criador embrenhado na aventura pessoal da invenção original. Aqui estão, pois, duas pautas de leitura que convertem esta coletânea de escritos em um livro a ser necessariamente percorrido pelo praticante, interessado ou estudioso da nova música no Brasil.
--
ISBN: 9788527300421
Autor: Livio Tragtenberg
Páginas: 208
Peso: 0,2 kg
Dimensões: 20,5 x 11,5 x 1,2 cm
Observação: este livro pode apresentar marcas de estoque ou de ferrugem devido à ação do tempo. Está, entretanto, em perfeitas condições de leitura e manejo.
ARTIGOS MUSICAIS
R$44,90
Esgotado
ARTIGOS MUSICAIS R$44,90
Entre os compositores brasileiros da nova geração, Livio Tragtenberg é um nome que vem se impondo pela criatividade de sua linguagem artística e pela qualidade de seu discurso teórico-crítico. Engajado no projeto da vanguarda e de suas pesquisas mais avançadas, desenvolve combativa guerrilha estético-cultural e poético-musical. Procurando escapar aos ditames da articulação linear de um sistema, como foi a série para o dodecafonismo, e aos da não-linearidade como elemento constituinte da elaboração estrutural, isto é, da mera obra aberta, avança para o horizonte da arte do possível, sem a tutela de alguma paradigmática modelante ou sistemática impositiva, sejam elas vazias ou cheias, negativas ou positivas. Na verdade, é sob o signo de um dialogismo crítico, cujo organon está na própria prática da criação, que Livio Tragtenberg promove a sua campanha. Entre técnica e estética, entre indeterminação e determinação, entre forma aberta e fechada, entre sons acústicos e sintetizações sonoras, no limite destas contraposições e por sobre a sua suposta infranqueabilidade dicotômica, estabelece ele um espaço de invenção: o seu locus de criador. Aí, por captura e acoplagem de fragmentos das estilhaçadas pela modernidade e de elementos dos micro-sistemas assim liberados, opera a sua inter-relação e a sua composição-caos que, numa cena da origem, se recompõe em processo criativo, em work in progress. É evidente que numa tal ordem de trabalho as perguntas devam exceder às respostas. Sobretudo num espírito de artista que faz da razão crítica, da pesquisa e da análise, um dos motores de sua produção de arte. Mas é preciosamente isto que torna estes "Artigos Musicais" tão ricos de interesse, não só para a polêmica e o confronto teórico de idéias. Discussão pontual de temas e problemas da música contemporânea, são simultaneamente um diário de bordo e um manual de sobrevivência na selva, como o próprio autor os considera, de um criador embrenhado na aventura pessoal da invenção original. Aqui estão, pois, duas pautas de leitura que convertem esta coletânea de escritos em um livro a ser necessariamente percorrido pelo praticante, interessado ou estudioso da nova música no Brasil.
--
ISBN: 9788527300421
Autor: Livio Tragtenberg
Páginas: 208
Peso: 0,2 kg
Dimensões: 20,5 x 11,5 x 1,2 cm
Observação: este livro pode apresentar marcas de estoque ou de ferrugem devido à ação do tempo. Está, entretanto, em perfeitas condições de leitura e manejo.