BR-3
Descrição: Fui ver no Tietê o espetáculo do Teatro da Vertigem. Estou sob um dos maiores impactos de minha vida. Fiquei com a impressão de que não há no cinema, na música, na literatura, no teatro, na televisão, em qualquer parte do pouco do mundo que conheço, uma criação estética, ética, feiticeira, social, bela, com a grandeza trans-humana e o poder da peça dirigida por Antonio Araújo em colaboração com seu grupo de atores Técnicos Heróis e o grande dramaturgo Bernardo Carvalho. Na história da humanidade você vai encontrar coisas assim em Cervantes, Oswald de Andrade, Miguel Angelo, Fellini, Pasolini, Glauber, na Tragédia Grega, em Grande Othelo. Só que agora fedendo e vibrando vida como os tremores físicos nossos e dos motores rasgando as águas poluídas-paradas do Tietê. Maior que a valorização que faço é a força de estar acontecendo esta glorificação do poder humano de criação ao mesmo tempo que o máximo de desvalorização humana pratica-se no estado mais rico do Brasil, em massacres, tiroteios, guerra urbana, rural. E quando aparece alguma coisa como BR3 é sintoma de que o país está vivendo um grande momento, que chama todas as energias de criação para as transformações que temos de fazer. Nenhuma sociedade decadente produz uma obra assim. O teatro passa a ser o lugar da energia produtora da alegria criativa capaz de enfrentar os impasses que a violência não resolve. São atores todos os que propiciaram o início da transformação do esgoto do Tietê em Ouro. Maluca alquimia! E este ouro é o poder humano criador, reconquistado, que dá o primeiro toque de vida nesse belíssimo Rio que corre do Mar para o Sertão. José Celso Martinez Correa

--

ISBN: 9788527307581
Autor: Teatro da Vertigem
Número de páginas: 152
Coleção: Livro sem coleção
Dimensões: 17 cm x 12 cm
Peso: 0,150 kg
BR-3
R$25,00
Esgotado
BR-3 R$25,00
Descrição: Fui ver no Tietê o espetáculo do Teatro da Vertigem. Estou sob um dos maiores impactos de minha vida. Fiquei com a impressão de que não há no cinema, na música, na literatura, no teatro, na televisão, em qualquer parte do pouco do mundo que conheço, uma criação estética, ética, feiticeira, social, bela, com a grandeza trans-humana e o poder da peça dirigida por Antonio Araújo em colaboração com seu grupo de atores Técnicos Heróis e o grande dramaturgo Bernardo Carvalho. Na história da humanidade você vai encontrar coisas assim em Cervantes, Oswald de Andrade, Miguel Angelo, Fellini, Pasolini, Glauber, na Tragédia Grega, em Grande Othelo. Só que agora fedendo e vibrando vida como os tremores físicos nossos e dos motores rasgando as águas poluídas-paradas do Tietê. Maior que a valorização que faço é a força de estar acontecendo esta glorificação do poder humano de criação ao mesmo tempo que o máximo de desvalorização humana pratica-se no estado mais rico do Brasil, em massacres, tiroteios, guerra urbana, rural. E quando aparece alguma coisa como BR3 é sintoma de que o país está vivendo um grande momento, que chama todas as energias de criação para as transformações que temos de fazer. Nenhuma sociedade decadente produz uma obra assim. O teatro passa a ser o lugar da energia produtora da alegria criativa capaz de enfrentar os impasses que a violência não resolve. São atores todos os que propiciaram o início da transformação do esgoto do Tietê em Ouro. Maluca alquimia! E este ouro é o poder humano criador, reconquistado, que dá o primeiro toque de vida nesse belíssimo Rio que corre do Mar para o Sertão. José Celso Martinez Correa

--

ISBN: 9788527307581
Autor: Teatro da Vertigem
Número de páginas: 152
Coleção: Livro sem coleção
Dimensões: 17 cm x 12 cm
Peso: 0,150 kg