"De Berlim a Jerusalém" é o relato dos anos de infância e juventude de Gershom Scholem. Personalidade que marcou os estudos judaicos de nosso século por suas notáveis investigações no campo da Cabala e das correntes místicas, a sua presença de historiador e pensador extrapolou os limites estritos do judaísmo e da especialização acadêmica. Na verdade, pelo espectro de seus interesses culturais, pela amplitude de sua erudição e pela qualidade de seu espírito crítico, foi uma das vozes significativas desse grupo de intelectuais judio-alemães que, no correr dos anos tormentosos dos mil e novecentos, se fizeram ouvir no mundo ocidental. Interlocutor de Walter Benjamin, Martin Buber, Ernst Bloch, Hannah Arendt, amoldado com a mesma massa de cultura germano-européia acrescida de um (forte, no seu caso) fermento judaico, incorporou como eles, enquanto jovem, o espírito de uma recusa existencial, de uma revolta social e de uma renovação messiânico-política, que deixou fortes traços no sentido de suas vidas e no espírito de suas obras. É a parti desta perspectiva, que é das perplexidades e buscas, dos dilemas e das opções de uma geração que se viu “na encruzilhada dos caminhos”, entre socialismo, comunismo, sionismo, e judaísmo, entre tradição e revolução, entre ciência crítica e religião mística, que se deve considerar este testemunho autobiográfico. Tanto quanto o esboço seqüencial das vicissitudes de vida do autor, é ele o retrato perspicaz e objetivo dos ambientes e dos processos, personificados em nomes próprios, que geraram e afeiçoaram as figuras deste extraordinário conjunto, em que o próprio Gershom Scholem figura.
--
ISBN: 9788527304641
Autor: Gershom Scholem
Páginas: 188
Tradutor: Neusa Messias de Soliz
Coleção: DEBATES/D.242
Peso: 0,19 kg
Dimensões: 20,5 x 11,5 x 0 cm
DE BERLIM A JERUSALÉM
R$39,90
Esgotado
DE BERLIM A JERUSALÉM R$39,90
"De Berlim a Jerusalém" é o relato dos anos de infância e juventude de Gershom Scholem. Personalidade que marcou os estudos judaicos de nosso século por suas notáveis investigações no campo da Cabala e das correntes místicas, a sua presença de historiador e pensador extrapolou os limites estritos do judaísmo e da especialização acadêmica. Na verdade, pelo espectro de seus interesses culturais, pela amplitude de sua erudição e pela qualidade de seu espírito crítico, foi uma das vozes significativas desse grupo de intelectuais judio-alemães que, no correr dos anos tormentosos dos mil e novecentos, se fizeram ouvir no mundo ocidental. Interlocutor de Walter Benjamin, Martin Buber, Ernst Bloch, Hannah Arendt, amoldado com a mesma massa de cultura germano-européia acrescida de um (forte, no seu caso) fermento judaico, incorporou como eles, enquanto jovem, o espírito de uma recusa existencial, de uma revolta social e de uma renovação messiânico-política, que deixou fortes traços no sentido de suas vidas e no espírito de suas obras. É a parti desta perspectiva, que é das perplexidades e buscas, dos dilemas e das opções de uma geração que se viu “na encruzilhada dos caminhos”, entre socialismo, comunismo, sionismo, e judaísmo, entre tradição e revolução, entre ciência crítica e religião mística, que se deve considerar este testemunho autobiográfico. Tanto quanto o esboço seqüencial das vicissitudes de vida do autor, é ele o retrato perspicaz e objetivo dos ambientes e dos processos, personificados em nomes próprios, que geraram e afeiçoaram as figuras deste extraordinário conjunto, em que o próprio Gershom Scholem figura.
--
ISBN: 9788527304641
Autor: Gershom Scholem
Páginas: 188
Tradutor: Neusa Messias de Soliz
Coleção: DEBATES/D.242
Peso: 0,19 kg
Dimensões: 20,5 x 11,5 x 0 cm