DESCOBERTA DA EUROPA PELO ISLÃ A
ISBN: 9788527308762
Autor: Bernard Lewis
Páginas: 432
--
Invertendo o foco tradicional que toma o conhecimento ocidental como ponto de partida, o professor Bernard Lewis, um dos mais respeitados especialistas de história islâmica do mundo, examina, em A Descoberta da Europa pelo Islã, as fontes e os fundamentos do conhecimento islâmico do Ocidente. Seu profundo e abrangente estudo explora os caminhos sutis de mútua influência entre o Islã e a Europa ao longo de muitos séculos, recontando eventos que marcaram seus encontros e conflitos, como a batalha de Tours, as Cruzadas, a batalha de Lepanto e o cerco a Viena, vistos da perspectiva dos muçulmanos. Citando obras de scholars, viajantes e escritores islâmicos, o autor reconstitui suas reações ao Ocidente, suas impressões sobre os modos de pensar, sistemas político-legislativos, religião, cultura, artes, costumes, higiene e até o perfil das mulheres nas sociedades dos infiéis. O painel assim pintado abre ao leitor não só uma visão objetiva e documentada da mentalidade dominante no meio islâmico, como do impacto e do fascínio que ela registra ao contato, às vezes explosivo, com a irrequieta e já altamente dinâmica cultura do europeu pós-renascentista.
DESCOBERTA DA EUROPA PELO ISLÃ A
R$96,00
Quantidade
DESCOBERTA DA EUROPA PELO ISLÃ A R$96,00
ISBN: 9788527308762
Autor: Bernard Lewis
Páginas: 432
--
Invertendo o foco tradicional que toma o conhecimento ocidental como ponto de partida, o professor Bernard Lewis, um dos mais respeitados especialistas de história islâmica do mundo, examina, em A Descoberta da Europa pelo Islã, as fontes e os fundamentos do conhecimento islâmico do Ocidente. Seu profundo e abrangente estudo explora os caminhos sutis de mútua influência entre o Islã e a Europa ao longo de muitos séculos, recontando eventos que marcaram seus encontros e conflitos, como a batalha de Tours, as Cruzadas, a batalha de Lepanto e o cerco a Viena, vistos da perspectiva dos muçulmanos. Citando obras de scholars, viajantes e escritores islâmicos, o autor reconstitui suas reações ao Ocidente, suas impressões sobre os modos de pensar, sistemas político-legislativos, religião, cultura, artes, costumes, higiene e até o perfil das mulheres nas sociedades dos infiéis. O painel assim pintado abre ao leitor não só uma visão objetiva e documentada da mentalidade dominante no meio islâmico, como do impacto e do fascínio que ela registra ao contato, às vezes explosivo, com a irrequieta e já altamente dinâmica cultura do europeu pós-renascentista.