ENSINAMENTOS DA LOUCURA, OS
Descrição: Heitor O'’Dwyer de Macedo parte, em "Os Ensinamentos da Loucura", da constatação de que o trabalho do psicanálise consiste, fundamentalmente, em preparar as pessoas que o procuram para enfrentar essa catástrofe salutar que é o amor. Pensam que é para falar de amor que se consulta um psicanalista e, em princípio, é de amor que fala, quando fala, o psicanalista. Aliás, “só serve para isso", e alguém que ouve ou lê um psicanalista espera que ele fale disso – de como se ama alguém e de como alguém se ama.

Fiel a Freud, pela linguagem simples enraizada na prática clínica, o autor reata os vínculos, caros ao fundador, entre psicanalise e literatura. Retoma aqui o entrelançamento entre loucura, amor e pensamento que ele percorre desde seus primeiros trabablhos, percorrendo as linhas e entrelinhas da ficção dostoieviskiana. Afinal, para falar de amor não poderia haver melhor escolha que Dostoiévski, que é, por excelência, o escritor da desmesura do encontro.

--

ISBN: 9788527310079
Autor: Heitor O'Dwyer de Macedo
Número de páginas: 168
Tradutor: Ivonne Benedetti
Coleção: Estudos 326
Dimensões: 12,5 cm x 22,5 cm
Peso: 0,210kg
ENSINAMENTOS DA LOUCURA, OS
R$49,90
Quantidade
ENSINAMENTOS DA LOUCURA, OS R$49,90
Descrição: Heitor O'’Dwyer de Macedo parte, em "Os Ensinamentos da Loucura", da constatação de que o trabalho do psicanálise consiste, fundamentalmente, em preparar as pessoas que o procuram para enfrentar essa catástrofe salutar que é o amor. Pensam que é para falar de amor que se consulta um psicanalista e, em princípio, é de amor que fala, quando fala, o psicanalista. Aliás, “só serve para isso", e alguém que ouve ou lê um psicanalista espera que ele fale disso – de como se ama alguém e de como alguém se ama.

Fiel a Freud, pela linguagem simples enraizada na prática clínica, o autor reata os vínculos, caros ao fundador, entre psicanalise e literatura. Retoma aqui o entrelançamento entre loucura, amor e pensamento que ele percorre desde seus primeiros trabablhos, percorrendo as linhas e entrelinhas da ficção dostoieviskiana. Afinal, para falar de amor não poderia haver melhor escolha que Dostoiévski, que é, por excelência, o escritor da desmesura do encontro.

--

ISBN: 9788527310079
Autor: Heitor O'Dwyer de Macedo
Número de páginas: 168
Tradutor: Ivonne Benedetti
Coleção: Estudos 326
Dimensões: 12,5 cm x 22,5 cm
Peso: 0,210kg