Em "Estruturas Intelectuais: Ensaio Sobre a Organização Sistemática dos Conceitos", Robert Blanché expõe a teoria do hexágono lógico, que é uma generalização do quadrado de Apuleio. Explorando as múltiplas composições triádicas das quais esse hexágono é suscetível, ele o aplica com sucesso à lógica modal de Aristóteles e esboça, assim, uma conciliação com as novas propostas. Alinhado ao pensamento anglo-saxão contemporâneo, que encontrou nele um de seus porta-vozes, levou à frente os seus pressupostos em contribuições significativas.
Ao lado de outros autores que promoveram lógicas alternativas com o intento de dar maior abrangência e substituir vantajosamente as tradicionais, o filósofo, e um dos principais expoentes da lógica matemática na França, desenvolve a sua nova proposta, ao mesmo tempo que levanta criticamente questões fundamentais acerca de seu estatuto:
Não seriam essas propostas senão outras tantas aberrações em relação à lógica absoluta e universal?
Marcaria seu aparecimento uma flexibilização e um enriquecimento de nosso equipamento intelectual?
Estará a razão sujeita à lógica no singular ou teria ela a liberdade de escolher entre várias e de construí-la à sua vontade?
Na resposta original que oferece a essas indagações, Robert Blanché propicia o reencontro do pensamento lógico com sua própria fonte e infunde certa unidade ao conjunto, o que, por si, o coloca como referência indispensável no centro das discussões sobre o tema.
--
ISBN: 9788527309455
Autor: Robert Blanché
Páginas: 192
Tradutor: Gita K. Guinsburg
Ano de publicação: 2012
Peso: 0,26 kg
Dimensões: 21 x 14 x 0 cm
ESTRUTURAS INTELECTUAIS
R$49,90
Quantidade
ESTRUTURAS INTELECTUAIS R$49,90

Conheça nossas opções de frete

Em "Estruturas Intelectuais: Ensaio Sobre a Organização Sistemática dos Conceitos", Robert Blanché expõe a teoria do hexágono lógico, que é uma generalização do quadrado de Apuleio. Explorando as múltiplas composições triádicas das quais esse hexágono é suscetível, ele o aplica com sucesso à lógica modal de Aristóteles e esboça, assim, uma conciliação com as novas propostas. Alinhado ao pensamento anglo-saxão contemporâneo, que encontrou nele um de seus porta-vozes, levou à frente os seus pressupostos em contribuições significativas.
Ao lado de outros autores que promoveram lógicas alternativas com o intento de dar maior abrangência e substituir vantajosamente as tradicionais, o filósofo, e um dos principais expoentes da lógica matemática na França, desenvolve a sua nova proposta, ao mesmo tempo que levanta criticamente questões fundamentais acerca de seu estatuto:
Não seriam essas propostas senão outras tantas aberrações em relação à lógica absoluta e universal?
Marcaria seu aparecimento uma flexibilização e um enriquecimento de nosso equipamento intelectual?
Estará a razão sujeita à lógica no singular ou teria ela a liberdade de escolher entre várias e de construí-la à sua vontade?
Na resposta original que oferece a essas indagações, Robert Blanché propicia o reencontro do pensamento lógico com sua própria fonte e infunde certa unidade ao conjunto, o que, por si, o coloca como referência indispensável no centro das discussões sobre o tema.
--
ISBN: 9788527309455
Autor: Robert Blanché
Páginas: 192
Tradutor: Gita K. Guinsburg
Ano de publicação: 2012
Peso: 0,26 kg
Dimensões: 21 x 14 x 0 cm