Atenção: em razão do fim do ano, pedidos realizados a partir do dia 07/12 podem sofrer atrasos.
ÉTICA RESPONSABILIDADE E JUÍZO EM HANNAH ARENDT

A preocupação tardia com o que Hannah Arendt denominou "as atividades da vida do espírito" relativas à ação, à ética e à política, toma forma consistente após o julgamento de Adolf Eichmann em Jerusalém. Em A Condição Humana, a filósofa pergunta: "o que estamos fazendo?" E atesta uma preocupação que perpassará toda sua a obra: a distinção do agir político comum. Já em A Vida do Espírito, ela nos desafia a uma fenomenologização da vida contemplativa, cujo ângulo privilegiado é a visibilidade dos atos e da linguagem.
A questão crucial é: como o sujeito se singulariza na comunidade política, pergunta que nos encaminha a uma práxis ética da visibilidade, a uma ética da responsabilidade pessoal. Assim, Arendt nos convoca a realizar uma constante “prestação de contas” de nós mesmo, na nossa relação com os outros e com o mundo. Uma ética que abre a possibilidade de reproblematizar o pathos entre self e mundo comum, entre consciência e experiência – os pilares à inspiração de uma nova simbologia ética na política.
ISBN: 9788527310338
Autor: Bethania Assy
Páginas: 256

Coleção: ESTUDOS/E.334
Ano de publicação: 2015
Peso: 0,31 kg
Dimensões: 22,5 x 12,5 x 0 cm
ÉTICA RESPONSABILIDADE E JUÍZO EM HANNAH ARENDT
R$56,00
Quantidade
ÉTICA RESPONSABILIDADE E JUÍZO EM HANNAH ARENDT R$56,00

Conheça nossas opções de frete


A preocupação tardia com o que Hannah Arendt denominou "as atividades da vida do espírito" relativas à ação, à ética e à política, toma forma consistente após o julgamento de Adolf Eichmann em Jerusalém. Em A Condição Humana, a filósofa pergunta: "o que estamos fazendo?" E atesta uma preocupação que perpassará toda sua a obra: a distinção do agir político comum. Já em A Vida do Espírito, ela nos desafia a uma fenomenologização da vida contemplativa, cujo ângulo privilegiado é a visibilidade dos atos e da linguagem.
A questão crucial é: como o sujeito se singulariza na comunidade política, pergunta que nos encaminha a uma práxis ética da visibilidade, a uma ética da responsabilidade pessoal. Assim, Arendt nos convoca a realizar uma constante “prestação de contas” de nós mesmo, na nossa relação com os outros e com o mundo. Uma ética que abre a possibilidade de reproblematizar o pathos entre self e mundo comum, entre consciência e experiência – os pilares à inspiração de uma nova simbologia ética na política.
ISBN: 9788527310338
Autor: Bethania Assy
Páginas: 256

Coleção: ESTUDOS/E.334
Ano de publicação: 2015
Peso: 0,31 kg
Dimensões: 22,5 x 12,5 x 0 cm