História e Literatura: Ensaios para uma História das Ideias no Brasil, organizado por João Antonio de Paula, coloca, de novo, uma obra de Francisco Iglésias à disposição de seus antigos leitores e possibilitará que ele seja descoberto pelas novas gerações. Dez anos depois de sua morte, História e Literatura reafirma as qualidades reconhecidas de Iglésias: seu saber, seu estilo, sua inteligência, a um tempo crítica, lúcida e generosa na consideração das obras de Joaquim Nabuco, Alberto Torres, Oliveira Vianna, Caio Prado Júnior, Sergio Buarque de Holanda, José Honório Rodrigues, Raymundo Faoro, Carlos Drummond de Andrade e Pedro Nava. Francisco Iglésias foi, sobretudo, historiador. Não se sabe dele contos ou poemas. O muito que se interessou pela literatura foi como crítico, como permanente e fiel amante. Escolheu a história e dela, de seu método e modo de se apropriar do mundo, armou seu olhar. Todos os temas que abordou, considerou-os do ponto de vista da história. A segmentação temática a que se impôs, não impediu que buscasse reconstituir o contexto, que buscasse as conexões mais amplas, os sentidos e as ligaduras decisivas que determinam e configuram os objetos singulares. Assim, quase sempre, no estudo de um autor ou de uma obra, período, processo, ideia, região, dá-nos, Francisco Iglésias, o todo, as forças e travejamentos que determinam e condicionam o real. Em sua inumerável diversidade.
ISBN: 9788527308588
Autor: Francisco Iglésias
Páginas: 344

Coleção: ESTUDOS/E.269
Ano de publicação: 2009
Peso: 0,4 kg
Dimensões: 22,5 x 12,5 x 0 cm
HISTÓRIA E LITERATURA
R$69,90
Quantidade
HISTÓRIA E LITERATURA R$69,90

Conheça nossas opções de frete


História e Literatura: Ensaios para uma História das Ideias no Brasil, organizado por João Antonio de Paula, coloca, de novo, uma obra de Francisco Iglésias à disposição de seus antigos leitores e possibilitará que ele seja descoberto pelas novas gerações. Dez anos depois de sua morte, História e Literatura reafirma as qualidades reconhecidas de Iglésias: seu saber, seu estilo, sua inteligência, a um tempo crítica, lúcida e generosa na consideração das obras de Joaquim Nabuco, Alberto Torres, Oliveira Vianna, Caio Prado Júnior, Sergio Buarque de Holanda, José Honório Rodrigues, Raymundo Faoro, Carlos Drummond de Andrade e Pedro Nava. Francisco Iglésias foi, sobretudo, historiador. Não se sabe dele contos ou poemas. O muito que se interessou pela literatura foi como crítico, como permanente e fiel amante. Escolheu a história e dela, de seu método e modo de se apropriar do mundo, armou seu olhar. Todos os temas que abordou, considerou-os do ponto de vista da história. A segmentação temática a que se impôs, não impediu que buscasse reconstituir o contexto, que buscasse as conexões mais amplas, os sentidos e as ligaduras decisivas que determinam e configuram os objetos singulares. Assim, quase sempre, no estudo de um autor ou de uma obra, período, processo, ideia, região, dá-nos, Francisco Iglésias, o todo, as forças e travejamentos que determinam e condicionam o real. Em sua inumerável diversidade.
ISBN: 9788527308588
Autor: Francisco Iglésias
Páginas: 344

Coleção: ESTUDOS/E.269
Ano de publicação: 2009
Peso: 0,4 kg
Dimensões: 22,5 x 12,5 x 0 cm