MAGISTRADOS E FEITICEIROS NA FRANÇA DO SÉCULO XVII
Esta obra apresenta os resultados de uma longa investigação pelos arquivos judiciários e pelos trabalhos consagrados à caça às bruxas na França no século XVII. Através de um itinerário intelectual e afetivo complexo, os Magistrados das cortes supremas (os Parlamentos) em Paris, Dijon, Bordeaux... renunciaram com dificuldades, lentamente, a condenação automática à fogueira dos suspeitos de bruxaria; longa tomada de consciência na qual médicos, teólogos e juízes colaboram através de polêmicas veementes suscitadas em particular por alguns processos que causaram grande escândalo e puseram em causa os confessores de conventos femininos presos do demônio: em Aix-em-Provence, em Louviers. Este livro conta a história apaixonante de uma verdadeira “revolução mental”.
--
ISBN: 9788527305082
Autor: Robert Mandrou
Páginas: 458
Tradutor: Nicolau Sevcenko e J. Guinsburg
Coleção: DEBATES/D.126
Peso: 0,42 kg
Dimensões: 20,5 x 11,5 x 0 cm
MAGISTRADOS E FEITICEIROS NA FRANÇA DO SÉCULO XVII
R$39,00
Esgotado
MAGISTRADOS E FEITICEIROS NA FRANÇA DO SÉCULO XVII R$39,00
Esta obra apresenta os resultados de uma longa investigação pelos arquivos judiciários e pelos trabalhos consagrados à caça às bruxas na França no século XVII. Através de um itinerário intelectual e afetivo complexo, os Magistrados das cortes supremas (os Parlamentos) em Paris, Dijon, Bordeaux... renunciaram com dificuldades, lentamente, a condenação automática à fogueira dos suspeitos de bruxaria; longa tomada de consciência na qual médicos, teólogos e juízes colaboram através de polêmicas veementes suscitadas em particular por alguns processos que causaram grande escândalo e puseram em causa os confessores de conventos femininos presos do demônio: em Aix-em-Provence, em Louviers. Este livro conta a história apaixonante de uma verdadeira “revolução mental”.
--
ISBN: 9788527305082
Autor: Robert Mandrou
Páginas: 458
Tradutor: Nicolau Sevcenko e J. Guinsburg
Coleção: DEBATES/D.126
Peso: 0,42 kg
Dimensões: 20,5 x 11,5 x 0 cm