Em 2006, a Organização das Nações Unidas resolveu substituir a antiga Comissão de Direitos Humanos, criada em 1946, por um Conselho da mesma natureza. A razão foi o desvirtuamento que o organismo anterior sofrera ao longo de seus trabalhos, por ingerência de interesses políticos dos Estados-membros e de seus dirigentes, implicados ou não nas violações aos princípios da Declaração Universal. A pergunta que surge é se nessa renovação caberia eliminar o sistema de condenações aos países que transgridem, ou não levam em conta, os direitos básicos do homem. A Politização dos Direitos Humanos, de Benoni Belli, que a editora Perspectiva oferece ao leitor de língua portuguesa em sua coleção Estudos, defende, com sagacidade crítica e erudição, que um erro (a politização e a seletividade na escolha dos alvos da condenação) não pode justificar outro (a abolição de um sistema de monitoramento eficaz) e procura indicar os caminhos para resgatar a legitimidade do sistema de condenação de países no contexto do novo Conselho de Direitos Humanos.
ISBN: 9788527308649
Autor: Benoni Belli
Páginas: 296

Coleção: ESTUDOS/E.270
Ano de publicação: 2009
Peso: 0,36 kg
Dimensões: 22,5 x 12,5 x 0 cm
POLITIZAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS, A
R$64,90
Quantidade
POLITIZAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS, A R$64,90

Conheça nossas opções de frete


Em 2006, a Organização das Nações Unidas resolveu substituir a antiga Comissão de Direitos Humanos, criada em 1946, por um Conselho da mesma natureza. A razão foi o desvirtuamento que o organismo anterior sofrera ao longo de seus trabalhos, por ingerência de interesses políticos dos Estados-membros e de seus dirigentes, implicados ou não nas violações aos princípios da Declaração Universal. A pergunta que surge é se nessa renovação caberia eliminar o sistema de condenações aos países que transgridem, ou não levam em conta, os direitos básicos do homem. A Politização dos Direitos Humanos, de Benoni Belli, que a editora Perspectiva oferece ao leitor de língua portuguesa em sua coleção Estudos, defende, com sagacidade crítica e erudição, que um erro (a politização e a seletividade na escolha dos alvos da condenação) não pode justificar outro (a abolição de um sistema de monitoramento eficaz) e procura indicar os caminhos para resgatar a legitimidade do sistema de condenação de países no contexto do novo Conselho de Direitos Humanos.
ISBN: 9788527308649
Autor: Benoni Belli
Páginas: 296

Coleção: ESTUDOS/E.270
Ano de publicação: 2009
Peso: 0,36 kg
Dimensões: 22,5 x 12,5 x 0 cm