PÓS-MODERNISMO, O

Um amplo painel do movimento que marcou – e marca – a produção artística mundial desde os anos de 1980 com o esgotamento do movimento modernista, a fragmentação das idéias e a perda da aura do objeto artístico. Entre o advento da Modernidade e o movimento cultural, do século XX, definido como Modernista, o mundo ocidental passa a defrontar-se com transformações, em que se acentuam tanto a fragmentação das idéias e de suas objetivações materiais, quanto a perda da relação aurática com os valores até então predominantes da estética, na sua materialização como arte-mercadoria, arte-conceito ou arte-instalação. Em função de tal desenvolvimento e de seus desdobramentos teóricos, o novo ritmo faz-se sentir nas relações sociais, nos padrões de comportamento e na mentalidade de seus sujeitos, influindo nas suas formas de pensar e de projetar-se no seu imaginário e nas suas caracterizações expressivas. O vasto leque de ensaios enfeixados no presente volume da coleção Stylus é dos mais elucidativos e atuais, permitindo que o leitor, especializado ou interessado, possa dispor de uma pauta, ao mesmo tempo totalizadora e detalhada, sobre o Pós-Modernismo. Sínteses expositivas e discussões pontuais vão inteirando e integrando, na diversidade de seus componentes, a topografia deste fenômeno e de suas produções nas diferentes áreas de feitura, reflexão e análise das origens e implicações seja nos domínios da filosofia, ciência, psicologia, educação e política, seja nos da literatura, cinema, arquitetura, música, dança, moda e artes plásticas, inclusive em seus eventos de máxima visibilidade performática.
ISBN: 9788527307116
Autor: J. Guinsburg e Ana Mae Barbosa (orgs.)
Páginas: 712
Tradutor: Fany Kon
Coleção: STYLUS/ST.12
Ano de publicação: 2005
Peso: 1,05 kg
Dimensões: 20,5 x 18,5 x 0 cm
PÓS-MODERNISMO, O
R$97,00
Quantidade
PÓS-MODERNISMO, O R$97,00

Um amplo painel do movimento que marcou – e marca – a produção artística mundial desde os anos de 1980 com o esgotamento do movimento modernista, a fragmentação das idéias e a perda da aura do objeto artístico. Entre o advento da Modernidade e o movimento cultural, do século XX, definido como Modernista, o mundo ocidental passa a defrontar-se com transformações, em que se acentuam tanto a fragmentação das idéias e de suas objetivações materiais, quanto a perda da relação aurática com os valores até então predominantes da estética, na sua materialização como arte-mercadoria, arte-conceito ou arte-instalação. Em função de tal desenvolvimento e de seus desdobramentos teóricos, o novo ritmo faz-se sentir nas relações sociais, nos padrões de comportamento e na mentalidade de seus sujeitos, influindo nas suas formas de pensar e de projetar-se no seu imaginário e nas suas caracterizações expressivas. O vasto leque de ensaios enfeixados no presente volume da coleção Stylus é dos mais elucidativos e atuais, permitindo que o leitor, especializado ou interessado, possa dispor de uma pauta, ao mesmo tempo totalizadora e detalhada, sobre o Pós-Modernismo. Sínteses expositivas e discussões pontuais vão inteirando e integrando, na diversidade de seus componentes, a topografia deste fenômeno e de suas produções nas diferentes áreas de feitura, reflexão e análise das origens e implicações seja nos domínios da filosofia, ciência, psicologia, educação e política, seja nos da literatura, cinema, arquitetura, música, dança, moda e artes plásticas, inclusive em seus eventos de máxima visibilidade performática.
ISBN: 9788527307116
Autor: J. Guinsburg e Ana Mae Barbosa (orgs.)
Páginas: 712
Tradutor: Fany Kon
Coleção: STYLUS/ST.12
Ano de publicação: 2005
Peso: 1,05 kg
Dimensões: 20,5 x 18,5 x 0 cm