ROMANCE EXPERIMENTAL E O NATURALISMO NO TEATRO, O
ISBN: 9788527306584
Autor: Émile Zola
Páginas: 136
--
“Ser mestre do bem e do mal, regular a vida, regular a sociedade, resolver aos poucos todos os problemas do socialismo e, sobretudo, trazer bases sólidas para a justiça...” tal o sopro que anima o programa naturalista de Emile Zola. Quantos espíritos não sonharam, ao longo do século XIX, com a regeneração da sociedade! Apoiando-se nas certezas do método experimental e do entusiasmo positivista, o Naturalismo francês vislumbra conduzir a humanidade a um melhor estado social. Utopia? Sem dúvida, pois literatura e ciência não se confundem. E nem a própria ciência, aliás, conseguiu ainda levar o homem de volta ao paraíso. Emile Zola não ignora os limites de seu projeto. Mas tanto a sua teoria quanto a sua prática literária perseguem este alvo. Mas, ao contrário de sua expressão ficcional, as formulações teóricas de tais objetivos, são pouco conhecidas entre nós. Cumpria traduzi-las. Os dois textos ora apresentados, O Romance Experimental e O Naturalismo no Teatro, oferecem uma eloqüente amostra do credo naturalista, bem como das concepções estéticas que comandaram sua arte no romance e no teatro.
--
Mais informações:
Tradutor: Italo Caroni e Célia Berrettini

Peso: 0,11 kg
Dimensões: 15,5 x 11,5 x 0 cm
ROMANCE EXPERIMENTAL E O NATURALISMO NO TEATRO, O
R$20,00
Esgotado
ROMANCE EXPERIMENTAL E O NATURALISMO NO TEATRO, O R$20,00
ISBN: 9788527306584
Autor: Émile Zola
Páginas: 136
--
“Ser mestre do bem e do mal, regular a vida, regular a sociedade, resolver aos poucos todos os problemas do socialismo e, sobretudo, trazer bases sólidas para a justiça...” tal o sopro que anima o programa naturalista de Emile Zola. Quantos espíritos não sonharam, ao longo do século XIX, com a regeneração da sociedade! Apoiando-se nas certezas do método experimental e do entusiasmo positivista, o Naturalismo francês vislumbra conduzir a humanidade a um melhor estado social. Utopia? Sem dúvida, pois literatura e ciência não se confundem. E nem a própria ciência, aliás, conseguiu ainda levar o homem de volta ao paraíso. Emile Zola não ignora os limites de seu projeto. Mas tanto a sua teoria quanto a sua prática literária perseguem este alvo. Mas, ao contrário de sua expressão ficcional, as formulações teóricas de tais objetivos, são pouco conhecidas entre nós. Cumpria traduzi-las. Os dois textos ora apresentados, O Romance Experimental e O Naturalismo no Teatro, oferecem uma eloqüente amostra do credo naturalista, bem como das concepções estéticas que comandaram sua arte no romance e no teatro.
--
Mais informações:
Tradutor: Italo Caroni e Célia Berrettini

Peso: 0,11 kg
Dimensões: 15,5 x 11,5 x 0 cm