"O Teatro Épico" é uma importante contribuição de Anatol Rosenfeld para os estudos literários e teatrais. Tendo em vista a relevância que a noção do épico assumiu na crítica contemporânea, devido mormente à obra de Brecht, o levantamento aqui efetuado começa por examinar o próprio fundamento estético, em termos de gênero, do conceito essencial e distintivo que constitui a razão de ser do livro. Daí nasce a clara e precisa síntese sobre a teoria dos gêneros. Escorado nos elementos assim obtidos, o autor se lança através da história do teatro, pondo em relevo as manifestações do épico na cena ocidental, desde a sua emergência na Grécia. Com admirável erudição e desembaraço crítico, leva o seu leitor pela análise dos recursos épicos utilizados por dramaturgos, diretores e correntes teatrais, seja na Idade Média, seja do Renascimento e barroco, ou da época elisabetana, do romantismo e do naturalismo, até sua cristalização maior na dramaturgia brechtiana, que examina detidamente. Percurso mais abrangente não seria possível, e se fosse dado a Anatol Rosenfeld fazer esta segunda edição do seu texto, certamente o levaria, com a mesma proficiência analítica e riqueza de informação, até o teatro de agora. De qualquer modo, tal como está, "O Teatro Épico" é de uma utilidade certa, e por isto, tornar a pô-lo à disposição de nosso público leitor se fez um imperativo a que a editora Perspectiva julgou necessário atender.
[ J. Guinsburg]
--
ISBN: 9788527301282
Autor: Anatol Rosenfeld
Páginas: 184
Coleção: DEBATES/D.193
Peso: 0,18 kg
Dimensões: 20,5 x 11,5 x 0 cm
TEATRO ÉPICO, O
R$39,90
Quantidade
TEATRO ÉPICO, O R$39,90

Conheça nossas opções de frete

"O Teatro Épico" é uma importante contribuição de Anatol Rosenfeld para os estudos literários e teatrais. Tendo em vista a relevância que a noção do épico assumiu na crítica contemporânea, devido mormente à obra de Brecht, o levantamento aqui efetuado começa por examinar o próprio fundamento estético, em termos de gênero, do conceito essencial e distintivo que constitui a razão de ser do livro. Daí nasce a clara e precisa síntese sobre a teoria dos gêneros. Escorado nos elementos assim obtidos, o autor se lança através da história do teatro, pondo em relevo as manifestações do épico na cena ocidental, desde a sua emergência na Grécia. Com admirável erudição e desembaraço crítico, leva o seu leitor pela análise dos recursos épicos utilizados por dramaturgos, diretores e correntes teatrais, seja na Idade Média, seja do Renascimento e barroco, ou da época elisabetana, do romantismo e do naturalismo, até sua cristalização maior na dramaturgia brechtiana, que examina detidamente. Percurso mais abrangente não seria possível, e se fosse dado a Anatol Rosenfeld fazer esta segunda edição do seu texto, certamente o levaria, com a mesma proficiência analítica e riqueza de informação, até o teatro de agora. De qualquer modo, tal como está, "O Teatro Épico" é de uma utilidade certa, e por isto, tornar a pô-lo à disposição de nosso público leitor se fez um imperativo a que a editora Perspectiva julgou necessário atender.
[ J. Guinsburg]
--
ISBN: 9788527301282
Autor: Anatol Rosenfeld
Páginas: 184
Coleção: DEBATES/D.193
Peso: 0,18 kg
Dimensões: 20,5 x 11,5 x 0 cm